Polícia Civil fecha fábrica de balões em Trindade, São Gonçalo

Mãe e filho foram presos em flagrante

Escrito por Redação 22/01/2021 13:47, atualizado em 22/01/2021 14:42
No local, foram apreendidas buchas, lanternas, varetas e parafina
No local, foram apreendidas buchas, lanternas, varetas e parafina . Foto: Divulgação

Uma fábrica de balões em bairro Trindade, São Gonçalo, foi fechada por policiais civis da Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DAIRJ), na última quinta-feira (21). Mãe e filho, que não tiveram seus nomes divulgados, foram presos em flagrante. No local, foram apreendidas buchas, lanternas, varetas e uma grande quantidade de parafina, que é um material inflamável usado para fabricar as buchas.

A ação é um desdobramento das investigações sobre a invasão do grupo de baloeiros no Aeroporto do Galeão, em julho do ano passado. Na época, cerca de 30 baloeiros trocaram tiros com a polícia e dois deles foram detidos quando tentavam resgatar um balão no local.

As investigações ainda não foram concluídas e a Polícia Civil relembra que soltar balões traz risco ao meio ambiente, causa queimadas e, no caso de aeroportos, podem até provocar acidentes aéreos. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas