Polícia Civil prende acusado de abusar sexualmente de influenciadoras digitais

O homem é investigado em sete inquéritos policiais

Escrito por Redação 20/01/2021 07:23, atualizado em 20/01/2021 09:19
Principais vítimas são influenciadoras digitais
Principais vítimas são influenciadoras digitais . Foto: Divulgação

A equipe da 16ª DP (Barra da Tijuca) prendeu, nesta segunda-feira (18/01), um homem acusado de abusar sexualmente de influenciadoras digitais. Ele se apresentava como massagista e esteticista, propunha uma parceria e oferecia os serviços em troca de divulgação do seu trabalho nas redes sociais das vítimas.

O autor foi preso na casa dele, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, em cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça. De acordo com as investigações, ele dizia que era homossexual para não levantar suspeitas. No entanto, durante as supostas sessões ele abusava sexualmente das mulheres.

O homem é investigado em sete inquéritos policiais por fatos semelhantes e responderá pelos crimes de violação sexual mediante fraude.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas