Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,8259 | Euro R$ 5,3596
Search

Costão de Itacoatiara: Beleza natural e aventura à beira mar

Conhecida pela areia dourada e águas cristalinas, o lugar oferece uma experiência única de beleza e aventura

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 22 de novembro de 2023 - 13:33
Imagem ilustrativa da imagem Costão de Itacoatiara: Beleza natural e aventura à beira mar

 Um destino muito procurado e famoso entre trilheiros e aventureiros fica na Zona Oceânica de Niterói. Localizado no bairro Itacoatiara, com dois quilômetros de extensão e 217 metros de altitude, o Costão de Itacoatiara une imensidão, rochas e um imenso litoral capaz de produzir uma das paisagens mais bonitas da cidade-sorriso. 

Imagem ilustrativa da imagem Costão de Itacoatiara: Beleza natural e aventura à beira mar

Apesar de ser conhecido como Costão de Itacoatiara, o lugar chama-se na verdade Morro do Tucum e é um dos oitos morros que integram o Parque Estadual da Serra da Tiririca. Ao lado do Costão, a Pedra do Elefante, Alto Mourão, Morro do Telégrafo, Catumbi, Cordovil, Morro da Penha e da Serrinha também desenham a  paisagem. 

Originalmente, o lugar que significa ''pedra riscada'' - uma junção de duas palavras na língua tupi-  surgiu de uma sesmaria concedida pelo cacique Arariboia, conforme conta a professora da Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense Luciana Nemer ''O efetivo povoamento do bairro ocorreu, efetivamente, em 1940 quando o Mathias Sandri, que nomeia a avenida principal do bairro, comprou a maior parte desta área, cerca de 70% e os outros 30% restantes foram adquiridos por Francisco Felício. Logo se pode afirmar que a região é conhecida desde o século XVI, mas efetivamente povoada no século XX.''

Imagem ilustrativa da imagem Costão de Itacoatiara: Beleza natural e aventura à beira mar

Localizado na extremidade direita na Praia de Itacoatiara, o Costão é um grande paredão de pedra que se estende até o mar. Com uma beleza natural impressionante, o local atrai aventureiros, amantes da natureza e praticantes de esportes ao ar livre. Uma das atividades oferecidas, é a escalada. As formações rochosas oferecem uma variedade de vias de escalada de diferentes níveis de dificuldade, atraindo pessoas de todo o Brasil e do mundo. 

Para a gonçalense Ana Tatiele Lima, de 25 anos, a escalada significou um desafio: ''Eu sofri acidente há um tempo atrás, tenho as duas patelas do joelho danificadas, então para mim foi um desafio mesmo subir até aqui, eu sempre tento vencer esses desafios. Valeu a pena, a vista é maravilhosa.'', contou orgulhosa. 

Imagem ilustrativa da imagem Costão de Itacoatiara: Beleza natural e aventura à beira mar

Antes de se aventurar pela trilha, a professora Luciana Nemer conta que é necessário alguns cuidados para que tudo siga como o esperado. ''Além de água para hidratação, protetor solar, boné e um tênis aderente, se recomenda, com pouco tempo de caminhada, o descanso no ponto de parada onde há uma trifurcação com placa. O caminho para o Costão é o da direita, os outros levam para a Enseada do Bananal e o Morro do Elefante. A subida tem alguns trechos expostos e algumas pessoas acabam ficando com medo e desistindo, mas, caso persistam em 25 minutos conseguem chegar ao topo.''

Foi seguindo todas as recomendações que o palmense Mário Júnior concluiu o Costão até o cume. A vista, para o viajante que já se aventurou por diversas trilhas, fez lembrá-lo do potencial brasileiro.

''Eu não tenho vontade nenhuma de ir embora daqui. O nosso país é lindo.''

Cenário romântico 

Imagem ilustrativa da imagem Costão de Itacoatiara: Beleza natural e aventura à beira mar

A beleza do alto do Costão além de servir como pano de fundo para fotos magníficas, inspira corações apaixonados. É o caso do niteroiense Liu de Oliveira, que escolheu o lugar para pedir a companheira em casamento. ''Eu subi várias vezes, ela subiu pela primeira vez comigo. A primeira vez que a gente subiu juntos foi para eu pedir ela em namoro, mas deu tudo errado. Ela estava com muito medo,  aí quando a gente subiu, não deu nem tempo de parar de suar e ela já quis descer.'', contou aos risos. ''Hoje quase deu errado porque ela esqueceu o tênis e teve que subir de chinelo, acabou queimando o pé.'', contou o noivo. 

Para completar a experiência, a noiva disse sim há 217 metros de altitude e contou que apesar do imprevisto, a experiência foi positiva e valeu a pena. 

O Costão de Itacoatiara também é um paraíso para os amantes da fotografia. As vistas panorâmicas, as formações rochosas e o pôr do sol espetacular oferecem oportunidades incríveis para capturar momentos inesquecíveis. Fotógrafos profissionais e amadores frequentemente visitam o local em busca da foto perfeita. 

Ponto de paz 

Para quem se aventurou pela subida íngreme e complicada, boas fotos também são uma das recompensas, conta Marcela Caminha, de 37 anos. ''Eu não tiro uma (foto) não, tiro muitas, durante a trilha, no momento de esforço e no momento de desfrute também.''

Imagem ilustrativa da imagem Costão de Itacoatiara: Beleza natural e aventura à beira mar

A niteroiense, que veio acompanhada com os amigos, relatou que o Costão é um dos seus pontos de paz na cidade. ''É um lugar muito lindo que me inspira muito e eu adoro trazer pessoas de fora para conhecer. A vista é deslumbrante, a gente está no meio da natureza, a gente pode ter esse contato direto com pedra, com mar, com vegetação e é isso que me encanta, que me enche a alma.'', contou. 

Imagem ilustrativa da imagem Costão de Itacoatiara: Beleza natural e aventura à beira mar

O acesso ao Costão de Itacoatiara se dá entre a Rua das Papoulas e a Rua das Rosas, onde há a entrada para o Parque Estadual da Serra da Tiririca. O acesso ocorre das 8h às 17h, no entanto, em dias ensolarados a procura é grande e ocorre a limitação do número de visitantes para garantir a subida e a descida com segurança.

Matérias Relacionadas