Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,0950 Euro up 5,2627
Search

PM é morto após ser identificado por traficantes na Região dos Lagos

Ele estava com sua família em um quiosque em Arraial do Cabo

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 01 de janeiro de 2021 - 19:04
O caso foi registrado na 132ª DP (Arraial do Cabo)
O caso foi registrado na 132ª DP (Arraial do Cabo) -

O policial militar reformado Marcelo Alves Bezerra, de 47 anos, morreu após ser baleado por traficantes na madrugada desta sexta-feira (01), no Réveillon, no distrito de Monte Alto, em Arraial do Cabo. Ele foi reconhecido por traficantes ao tentar apaziguar uma briga de casal. Além dele, mais dois outros homens foram baleados e morreram, um deles era, inclusive, um traficante foragido da polícia.

Segundo informações, Marcelo estava em um quiosque com sua família. Logo depois, ele viu um casal discutindo e tentou alcamar os ânimos dos dois. Nesse momento, ele teria se identificado como policial. Apesar de ter conseguido ajudar o casal, quando Marcelo se identificou como militar, dois traficantes o reconheceram e se aproximaram dele, atirando. O PM acabou baleado e morreu no local.

No entanto, antes disso, Marcelo conseguiu atirar em um dos traficantes. O bandido era Éder da Silva Paim Júnior, conhecido como JN, e chegou a ser levado para o Hospital Geral de Arraial do Cabo (HGAC), mas não resistiu. JN era foragido da Justiça e contra ele havia um mandado de prisão por tráfico de drogas, em Teresópolis.

Um outro homem que estava no quiosque na região foi baleado na troca de tiros e acabou morrendo, também.

Ao investigarem o segundo traficante envolvido no caso, os agentes da 132ªDP (Arraial do Cabo) apreenderam um estojo com munições e cápsulas.

Matérias Relacionadas