Chefe do tráfico que comprou imóvel de R$ 550 mil em Arraial do Cabo é alvo de operação

Foram deflagradas nesta segunda (5) as operações Coca zero e Líbero

Enviado Direto da Redação
Operação foi feita pela 25ª DP em parceria com delegacias da Região dos Lagos

Operação foi feita pela 25ª DP em parceria com delegacias da Região dos Lagos

Foto: Divulgação

Policiais da 25ª DP (Engenho de Dentro), com o apoio de agentes de delegacias da Região dos Lagos, realizaram nesta segunda-feira (05/10) duas ações estratégicas em Arraial do Cabo para enfraquecer uma organização criminosa de tráfico de drogas. Foram cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, três mandados de busca e apreensão de adolescentes e cinco mandados de busca e apreensão domiciliar. Os agentes também sequestraram um imóvel no valor de R$ 550 mil adquirido com dinheiro do tráfico de drogas.


Segundo a Polícia Civil, o imóvel foi adquirido pelo líder do bando, Marcos Duarte Bertanha, conhecido como MK, com dinheiro em espécie. O imóvel foi transformado em um hostel e recebeu o nome de Don Nicolas, em referência ao nome do filho do traficante.


Os criminosos ocultaram a compra e a origem do valor utilizado na aquisição, bem como as pessoas que auxiliaram na negociação, o que motivou o indiciamento de três indivíduos pela prática do crime de lavagem de dinheiro. Houve ainda a decretação da prisão preventiva do traficante, assim como de medidas cautelares de sua esposa e irmão, diretamente envolvidos na aquisição.


A operação, batizada de Coca zero, em referência a comunidade da Coca Cola, em Arraial, é um desdobramento da operação de mesmo nome realizada em junho de 2019, que resultou na prisão de 33 suspeitos.


Paralelamente, a operação Líbero, que também aconteceu nesta segunda-feira (5) foi fruto de de uma investigação que visa desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas atuante no distrito de Monte Alto, em Arraial do Cabo. Segundo a 25ª DP,  líder do grupo está escondido na comunidade Parque União, no Complexo da Maré. De lá, ele comanda o tráfico no município da Região dos Lagos, para onde se desloca algumas vezes.


Além de Arraial, foram cumpridos mandados também em Cabo Frio, na Região dos Lagos, em Teresópolis, na Região Serrana, e no Rio de Janeiro. Nove pessoas foram presas e dois adolescentes foram apreendidos, até o momento.

Veja também