Gerente de mercado em Cabo Frio é preso por estelionato e formação de quadrilha

Acusado foi levado para a 126ª DP

Enviado Direto da Redação

O gerente de um mercado em Cabo Frio foi preso na última terça-feira (15) sob acusação de crimes de estelionato e formação de quadrilha por fraudar fornecedores do ramo de supermercados entre fevereiro e agosto de 2019, no escândalo que envolveu a rede de supermercados. Contra o homem, havia um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Cabo Frio.

Segundo a polícia, o proprietário da rede e o gerente abriram algumas empresas juntos, em nome do segundo, para convencer os fornecedores a vender à prazo para essas empresas, já que anteriormente o empresário teve a falência decretada pela justiça de Minas Gerais e não pode ter nada mais em seu nome, com risco de penhora.

Ainda de acordo com a polícia, as mercadorias compradas foram desviadas para os mercados da rede sob suspeita, gerando prejuízo de mais de R$ 1 milhão aos fornecedores que não foram pagos. 

O acusado tentou se mudar para a Itália, mas não conseguiu e passou a morar em Campos dos Goytacazes, onde abriu outros dois estabelecimentos. O homem foi preso e levado para a 126ª DP (Cabo Frio)

Veja também