Mulher teria sido morta asfixiada pelo próprio marido na Costa Verde do Rio

Gilson Santos tentou fugir mas acabou se envolvendo em um acidente de carro

Escrito por Redação 03/07/2020 13:11, atualizado em 03/07/2020 13:58
Mulher é encontrada morta em apartamento, na Costa Verde do Rio, e marido é o principal suspeito
Mulher é encontrada morta em apartamento, na Costa Verde do Rio, e marido é o principal suspeito . Foto: Reprodução/Instagram

A morte por asfixia da arquiteta Thayane Nunes da Silva, de 28 anos, está sendo investigada pela polícia como mais um caso de feminicídio no estado do Rio de Janeiro. No fim da tarde de quinta (2), Thayane foi encontrada morta no apartamento em que morava com o marido, Gilton Santos Pinto, localizado na Estrada Iaraquã, Costa Verde do Rio, por agentes do 40ºBPM (Campo Grande).

O principal suspeito é o marido, que após supostamente ter matado a esposa, tentou fugir em direção à Angra dos Reis, mas acabou se envolvendo em um acidente de carro. Gilton foi levado sob custódia para o Hospital Geral da Japuíba. No acidente, o homem envolveu outras sete pessoas ao bater em dois carros no momento da fuga. Entre as vítimas estão duas crianças e cinco adultos. Uma das crianças já teve alta.

Nas redes sociais, amigos de Thayane deixaram mensagens de despedida para a arquiteta. “Meu Deus, inacreditável. Vá com Deus, Thay. Que os anjos te recebam. Será eterna na memória de todos!!!"; "Descanse em paz, Thay, que Deus possa confortar o coração dessa família".

De acordo com o portal G1, Gilton teria publicado um vídeo em que pede “mil desculpas pelo que aconteceu”, mas nas imagens ele não explica o motivo e logo em seguida teria apagado o vídeo.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas