Justiça determina série de novas medidas de combate ao coronavírus em Búzios

Descumprimento das medidas pode acarretar em multas

Enviado Direto da Redação
A decisão foi expedida pela 2ª Vara Civil de Búzios

A decisão foi expedida pela 2ª Vara Civil de Búzios

Foto: Divulgação

A Justiça determinou que a Prefeitura de Búzios deve seguir uma série de obrigações para combater e prevenir o novo coronavírus na cidade. A decisão foi expedida pela 2ª Vara Civil de Búzios e atendeu ao pedido feito pela Defensoria Pública. Se o município não cumprir as determinações, terá que pagar multas que variam entre R$ 50 mil e R$ 100 mil.

Algumas das determinações são aumentar os números de leitos nas unidades em até 10 dias, com multa de R$ 100 mil por descumprimento; fornecimento de alojamento para os profissionais de saúde em cinco dias para que não contaminem outras pessoas e membros da família, com multa de R$ 50 mil por descumprimento; proteção dos profissionais de saúde, realizando testagem rápida em até cinco dias, com multa de R$ 100 mil por descumprimento.

Na última quinta-feira (28), a prefeitura de Búzios informou que começou a instalação de contêineres nas barreiras sanitárias da Marina e Baía Formosa, com o objetivo de oferecer mais suporte e conforto à equipe da secretaria de Segurança Pública.

O município havia liberado a reabertura gradativa das praias de Geribá e Manguinhos para atividades esportivas na última semana. No sábado, equipes de fiscalização estiveram nos locais. De acordo com a Prefeitura, agentes da Guarda Marítima Ambiental retiraram banhistas por conduta irregular ao promoverem churrascos e piqueniques em praias com acesso proibido.

Veja também