Câmara de Rio das Ostras aprova corte orçamentário de R$ 2 milhões

Medida serve para ajudar a prefeitura no combate ao coronavírus

Enviado Direto da Redação
Câmara dos Vereadores aprovou projeto de lei que corta R$ 2 milhões no orçamento da Casa para o ano de 2020

Câmara dos Vereadores aprovou projeto de lei que corta R$ 2 milhões no orçamento da Casa para o ano de 2020

Foto: Divulgação

Com o objetivo de ajudar a prefeitura de Rio das Ostras a equilibrar a economia da cidade durante a crise do coronavírus no país, a Câmara dos Vereadores aprovou um projeto de lei que corta R$ 2 milhões no orçamento da Casa para o ano de 2020.

A medida foi tomada após o prefeito Marcelino Borba anunciar, na última terça (25), a redução de 25% do seu salário, considerado por muitos uma ação pouco eficaz.

O corte terá como impacto os salários dos funcionários comissionados e os subsídios dos vereadores. Há ainda outras reclamações diante da postura do prefeito. Alguns vereadores querem que ele reduza o número de nomeados em cargos de confiança, corte verbas do gabinete e equipare os vencimentos de secretários ao subsídio dos vereadores, atualmente fixado em R$ 10 mil.

Veja também