Professores da rede municipal de Cabo Frio entram em greve

Os servidores não receberam os salários do mês de outubro

Enviado Direto da Redação
Assembleia da categoria foi realizada na noite desta sexta-feira (8)

Assembleia da categoria foi realizada na noite desta sexta-feira (8)

Foto: Divulgação

Professores da rede municipal de Cabo Frio decidiram, mais uma vez, entrar em greve por tempo indeterminado devido ao atraso no pagamento dos salários de outubro. A decisão foi tomada em assembleia realizada na noite da última sexta-feira (8). Desde o primeiro período deste ano, os profissionais da educação vem sendo pagos de forma escalonada.

A nova paralisação ocorre próximo ao fim do ano letivo da rede municipal de ensino e entre as discussões a respeito das reposições de aulas perdidas pelos alunos, em decorrência das paralisações anteriores. Em reunião na próxima segunda-feira (11), a Secretaria de Educação e os servidores irão decidir se a melhor maneira para repor o conteúdo é por meio da construção de um plano de aula ou através de atividades presenciais.

De acordo com a Coordenadora-Geral do Sepe Lagos, Cíntia Machado, 70% dos professores não receberam seus salários.

Veja também