'Família Acolhedora' abre inscrições em Cabo Frio, na Região dos Lagos

Um dos temas abordados na capacitação é o comprometimento

Enviado Direto da Redação

Foto: Divulgação


Durante o mês outubro, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e da Mulher (Sedesdim) abriu inscrição para o programa “Família Acolhedora”. O projeto oferece capacitação e acompanhamento multidisciplinar para acolhimento temporário de crianças e adolescentes, que se encontram afastados do convívio biológico.


Instituída no município pela Lei 2.577, de 9 de julho de 2014, o programa tem algumas prerrogativas, como acolher, oferecer carinho, afeto e o convívio familiar temporário. Para conhecer o programa ou fazer inscrição, o interessado deve se dirigir à Rua Florisbela Rosa da Penha, n°292, no Braga, das 8h às 17h, ou enviar mensagens através da página no Facebook: Família Acolhedora de Cabo Frio.


Após inscrição, os candidatos serão acompanhados pela equipe multidisciplinar da Superintendência de Proteção Social Especial (SPSE), sendo inclusive capacitados para receber crianças/adolescentes, na faixa etária escolhida pelas próprias famílias.


Um dos temas abordados na capacitação é o comprometimento, que não precisa ser definitivo, como explica a coordenadora do serviço, Mariana Rangel.


“As famílias acolhedoras não se comprometem a assumir a criança ou o adolescente como um filho, mas a prestar cuidados durante um período tornando-se, dessa forma, parceira do serviço de acolhimento na preparação da criança para o retorno à convivência familiar”, explicou.

Veja também