Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,0475 | Euro R$ 5,3332
Search

Polícia Civil conclui inquérito sobre assassinatos de militares da Marinha e do Exército em São Pedro da Aldeia

Os homens foram mortos após saírem de uma boate em São Pedro da Aldeia

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de março de 2023 - 09:41
Sidney Lins dos Santos Junior e Júlio Cesar Mikaloski Equey
Sidney Lins dos Santos Junior e Júlio Cesar Mikaloski Equey -

A 125ª DP (São Pedro da Aldeia) concluiu o inquérito que investigou as mortes de Sidney Lins dos Santos Junior e Júlio Cesar Mikaloski Equey. Os agentes cumpriram mandados de prisão preventiva contra dois autores do crime. Um terceiro suspeito é considerado foragido.

Os homens foram mortos após saírem de uma boate em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, no dia 3 de dezembro do ano passado. Os corpos foram encontrados carbonizados dentro do carro de uma das vítimas. Segundo os agentes, Sidney, sargento da Marinha, e Júlio, sargento do Exército, estavam na região a passeio.

Durante as investigações, a equipe da 125ª DP coletou imagens de câmeras de segurança, que identificaram a participação de um veículo seguindo o automóvel das vítimas. Os agentes analisaram as linhas telefônicas dos acusados e encontraram conversas entre uma das proprietárias da boate e um dos envolvidos. Os policiais também localizaram manchas de sangue na casa noturna, inclusive, em uma vassoura. Pelo envolvimento, as responsáveis pelo estabelecimento vão responder por fraude processual.

A equipe da 125ª DP também cumpriu mandados de busca e apreensão e arrecadou as armas de fogos dos autores e telefones celulares. O carro utilizado para locomoção dos acusados ao local em que as vítimas foram carbonizadas também foi apreendido.

Um dos autores já estava preso e o segundo se entregou. Eles vão responder por duplo homicídio qualificado, destruição de cadáveres e fraude processual. As investigações continuam para localizar o terceiro envolvido no crime.

Matérias Relacionadas