Novo Hospital da UERJ em Cabo Frio será inaugurado nesta sexta-feira

Inauguração acontece seis meses e meio depois do prometido

Escrito por Redação 14/10/2021 15:45, atualizado em 14/10/2021 16:28
Antigo Hospital UNILAGOS dará lugar ao Hospital Universitário Reitor Hésio Cordeiro
Antigo Hospital UNILAGOS dará lugar ao Hospital Universitário Reitor Hésio Cordeiro . Foto: Divulgação

O novo Hospital Universitário Reitor Hésio Cordeiro, que dará lugar ao antigo Hospital UNILAGOS, será inaugurado nesta sexta-feira (15), às 9h. A nova unidade hospitalar será administrada pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

A cerimônia terá a presença confirmada do governador Cláudio Castro (PL), dos secretários estaduais de Saúde, Dr. Alexandre Chieppe, e de Ciência, Tecnologia e Inovação, Dr. Serginho, além do reitor da Uerj, Ricardo Lodi Ribeiro.

O prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio (PDT) e outros prefeitos das demais cidades da Região dos Lagos também foram convidados para a cerimônia, de acordo com a assessoria da secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

Segundo o Dr. Serginho, o hospital servirá como base das futuras instalações da Faculdade de Medicina que será implantada em Cabo Frio. 

Inauguração acontece meses após o esperado

O Hospital Unilagos foi arrendado no ano passado pela Prefeitura de Cabo Frio para atender pacientes contaminados pelo coronavírus. No entanto, o contrato firmado pelo ex-prefeito Adriano Moreno durou até o fim de 2020, e passou a ser alvo de investigações da Polícia Federal e pelo Ministério Público.

O governador do Rio, Cláudio Castro, anunciou em março que o Hospital Unilagos seria arrendado novamente para tratar casos de Covid-19 na Região dos Lagos. A abertura, que foi prometida para as semanas seguintes acontecerá somente nesta sexta-feira, seis meses e meio depois. Antes da inauguração oficial, a Secti chegou a afirmar que o hospital seria inaugurado em setembro, o que não aconteceu. Pouco tempo depois, Dr. Serginho disse que o hospital seria entregue no dia 5 de outubro, o que novamente não aconteceu.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas