Maricá recebe primeira remessa de vacinas da Pfizer

Prefeitura segue respeitando o calendário de prioridades

Escrito por Redação 07/06/2021 20:01, atualizado em 07/06/2021 20:50
Doses já tem público alvo estabelecido
Doses já tem público alvo estabelecido . Foto: Divulgação/Prefeitura de Maricá

A Prefeitura de Maricá recebeu, nesta segunda-feira (7), um novo lote de vacinas contra a Covid-19, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Na remessa, contém 3.255 mil doses, incluindo 1.205 da AstraZeneca, 1.170 da Pfizer e 880 Coronavac. As doses da Pfizer serão destinadas para a aplicação em gestantes, puérperas com comorbidades e pessoas com comorbidades.

A Subsecretária de Saúde, Solange Oliveira, comentou sobre a proteção dos maricaense com a remessa:

“Todo imunizante é bem-vindo para a nossa população. E Maricá está preparada para receber todos os imunizantes desenvolvidos, é preciso vacinar. A vacinação é um cuidado coletivo e não individual. A imunização em massa tem o poder de interromper a circulação do vírus e, assim, proteger a todos, vacinados e não vacinados”, disse a subsecretária.

Em nota, a Prefeitura justificou o atraso da chegada do imunizante da Pfizer:

“O pedido, tanto para a guarda, quanto para o uso, foi ignorado. Também o critério de distribuição apresentado para o não envio da vacina Pfizer a Maricá e alvo de questionamentos. O estado usa o dado demográfico do Censo de 2020 – que atribuiu 127 mil habitantes a Maricá e só cidades com mais de 150 mil habitantes receberiam o imunizante da Pfizer – mas de acordo com a atualização do próprio IBGE em 2020, a cidade aparece com 164 mil habitantes. O outro critério é o município estar a até duas horas e meia do centro da capital. Maricá está a pouco mais de uma hora do Centro do Rio”, diz o documento.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas