Protesto: Cruzes são colocadas na Praia do Forte em Cabo Frio

Movimento atua contra crimes de feminicídio na região

Escrito por Redação 29/04/2021 19:07, atualizado em 29/04/2021 19:53
Foram instaladas 50 cruzes para representar as vítimas
Foram instaladas 50 cruzes para representar as vítimas . Foto: Divulgação/Inter TV

As areias da Praia do Forte em Cabo Frio, amanheceram com cinquenta cruzes instaladas como forma de protesto nesta quinta-feira (29). O movimento tem o intuito de simbolizar as vítimas de feminicídio da região e protestar contra a violência que atinge mulheres.

A partir de um fenômeno que deixa algas vermelhas na orla da praia, o cenário na Praia do Forte ficou diferente nesta manhã (29). Ao todo, foram instaladas 50 cruzes para representar as vítimas, mas segundo o movimento responsável pelo protesto, esse número não representa a quantidade exata de vítimas, criticando órgãos competentes da região, que não fornecem estatísticas concretas sobre o assunto. A medida foi iniciada em conjunto pelo Movimento de Mulheres de Cabo Frio, AMBLagos e pelo Setorial de Mulheres do PSOL Cabo Frio.

O lema do movimento é “Nem pense em nos matar” e faz parte da campanha “Nacional ‘Levante Feminista contra o Feminicídio’”, que está sob articulação há 2 meses. Segundo organizadores da intervenção, o lançamento da campanha será realizado um em cada dia pelos Estados. Hoje, quinta-feira (29), foi inaugurada no Rio de Janeiro.

Além disso, foi criado um abaixo-assinado para colher assinaturas pedindo o fim da violência contra a mulher. Para auxiliar no movimento, basta assinar o manifesto pelo link https://www.change.org/p/supremo-tribunal-federal-nem-pense-em-me-matar. 

Foram instaladas 50 cruzes para representar as vítimas
Foram instaladas 50 cruzes para representar as vítimas. Foto por Divulgação/Inter TV
. Foto por Divulgação/Movimento Mulheres de Cabo Frio

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas