Vereador de Búzios é considerado foragido da justiça após ação contra falsificação de alvarás

Lorram foi condenado a mais de dez anos de reclusão

Escrito por Redação 28/04/2021 15:41, atualizado em 28/04/2021 16:32
Parlamentar está no terceiro mandato
Parlamentar está no terceiro mandato . Foto: Divulgação

Lorram Gomes da Silveira (PRTB), vereador do município de Búzios, na Região dos Lagos do Rio, foi considerado foragido pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janiro (MPRJ) nesta quarta-feira (28), após uma operação contra alvarás falsificados.

O MP informou que o parlamentar, que era um dos principais alvos da operação batizada de Plastografos II, acabou não sendo localizado. Segundo o órgão, ele teria constituído, financiado e feito parte de uma organização criminosa que tinha como objetivo praticar delitos de corrupção passiva. Para isso, o grupo praticava estelionato e usava documentos falsos.

Exercendo o mandato pela terceira vez, essa não é a primeira prisão de Lorram. Ele também já foi preso em outubro de 2019, na operação Plastografos I. O parlamentar já foi também chefe de gabinete do então prefeito André Granado entre novembro de 2018 e maio de 2019. Segundo o MP, foi nesse período que os crimes foram praticados. 

Além do mandado de prisão deferido pelo Juízo da 1ª Vara da Comarca de Búzios, equivalente a mais de dez anos de reclusão, o MP-RJ informou que também pediu o bloqueio de bens do parlamentar, no valor de aproximadamente R$9 milhões. 

A operação leva o nome de "Plastografos", que, na língua romena, significa "aquele que fasifica documentos".

A investigação que deu origem à denúncia foi instaurada para apurar o envolvimento de servidores da Prefeitura de Búzios na prática de crimes de corrupção passiva, estelionato e uso de documento falso, envolvendo a emissão de alvarás no município da Região dos Lagos. A investigação também apurou que houve a instalação de um sistema de “venda de alvarás” entre servidores públicos e despachantes que atuam na cidade.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas