Ação que investiga parcialidade de Sérgio Moro será retomada no STF

Ação pode ser julgada no primeiro semestre de 2021

Escrito por Redação 11/01/2021 16:16, atualizado em 11/01/2021 17:12
Ação pode ser julgada no primeiro semestre de 2021
Ação pode ser julgada no primeiro semestre de 2021 . Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que a ação sobre a parcialidade do ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da justiça Sergio Moro pode ser julgada no primeiro semestre de 2021. A informação é do blog da jornalista Andrea Sadi, da GloboNews. 

A ação investiga se o Juiz pode ter agido com interesses particulares no processo. Caso os juízes da corte entendam que Moro foi parcial, poderão declarar suspeição das condenações proferidas pelo Juiz contra o ex-presidente no caso do triplex e o processo volta à fase de denúncia. O julgamento da suspeição foi interrompido em 2018 por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes, que pretende retomar o julgamento nesse ano. 

Na época, votaram contra a suspeição de Moro os ministros Carmen Lucia e Edson Fachin. Faltam votar, além de Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Nunes Marques.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas