Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Após gafe, Bolsonaro muda discurso e diz 'ter pressa' por vacinação contra a covid-19

Após dizer que 'não dá bola' para o fato de países terem iniciado imunização, presidente prega 'processo seguro'

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de dezembro de 2020 - 20:20
Deputado Jair Bolsonaro durante entrevista coletiva após almoço com a Frente Parlamentar da Agricultura.Foto: Sérgio Lima/PODER 360
Deputado Jair Bolsonaro durante entrevista coletiva após almoço com a Frente Parlamentar da Agricultura.Foto: Sérgio Lima/PODER 360 -

Um dia depois de declarar que não “dá bola” para o fato de vários países já haverem iniciado seus programas de imunização contra a covid-19, o presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais neste domingo (27) para dizer que há pressa em começar a vacinação no Brasil. Porém, deixou claro que tem ressalvas.

“Temos pressa em obter uma vacina, segura, eficaz e com qualidade, fabricada por Laboratórios devidamente certificados”, escreveu. “Mas a questão da responsabilidade por reações adversas de suas vacinas é um tema de grande impacto, e que precisa ser muito bem esclarecido.

No texto, o presidente diz que quatro laboratórios desenvolvem estudos clínicos de vacina no Brasil. No entanto, nenhum registrou pedido para uso emergencial do imunizante na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

“Tão logo um Laboratório apresente seu pedido de uso emergencial, ou registro junto à ANVISA, e esta proceda a sua análise completa e o acolha, a vacina será ofertada a todos e de forma GRATUITA e NÃO OBRIGATÓRIA”, escreveu em redes sociais,segundo informações divulgadas no site Globo.com 

Matérias Relacionadas