Participantes de carreata de Gallo são agredidos por militantes de Cariello na Engenhoca, em Niterói

Vereadores repudiaram a tentativa de linchamento na tarde do último domingo (25)

Enviado Direto da Redação
Apoiadores teriam sofrido uma tentativa de linchamento

Apoiadores teriam sofrido uma tentativa de linchamento

Foto: Divulgação

Um grupo de apoiadores do vereador Luiz Carlos Gallo (Cidadania), que estava participando de uma carreata no Largo de São Jorge, no bairro da Engenhoca, em Niterói, na tarde do último domingo (25), foi atacado com socos, bandeiradas e pontapés por apoiadores do vereador Renato Cariello (PDT).

Imagens gravadas mostram pessoas que estavam num dos carros da carreata de apoio à reeleição de Gallo, sendo agredidas, numa tentativa de linchamento por apoiadores do vereador Renato Cariello. Na sequência, um grupo de militantes de Cariello persegue um dos veículos da carreata de Gallo e tenta derrubar pessoas que balançavam bandeiras da campanha do vereador Gallo.

 

Em suas redes sociais, Luiz Carlos Gallo, que está em casa, cumprindo quarentena por ter se contaminado com Covid-19, se mostrou revoltado e disse que vai denunciar as agressões à Justiça. "Repugno qualquer ato de violência e agressão a qualquer pessoa. Tenho ótima relação com todos os candidatos, tanto de situação quanto de oposição, e jamais vi essa guerra em 32 anos de vida pública. Vivemos em uma democracia. todos têm o direito de fazer a sua campanha em qualquer lugar da cidade. Uma covardia sem tamanho. Fomos quase linchados, acuados sem poder nos defender", se indignou o vereador, que gravou um vídeo divulgado no seu Facebook e Instagram.

"Eu repudio qualquer ato violento seja por militância, apoiadores meus ou de qualquer outro candidato", disse Cariello, através de nota.

Veja também