Inscrições abertas para curso gratuito e inédito com foco em pré-candidaturas nas eleições municipais

As inscrições vão até o dia 11 de agosto

Enviado Direto da Redação
Formação Giro 2020 vai oferecer conteúdos de políticas públicas e estratégias de comunicação e financiamento para fortalecer pré-candidaturas comprometidas com a redução das desigualdades

Formação Giro 2020 vai oferecer conteúdos de políticas públicas e estratégias de comunicação e financiamento para fortalecer pré-candidaturas comprometidas com a redução das desigualdades

Foto: Divulgação

Quem mora em São Gonçalo sabe os desafios que o município enfrenta. Este ano eleitoral é momento importante para o debate de prioridades para as cidades, e não seria diferente para a segunda mais populosa do Estado do Rio de Janeiro, localizada no Leste fluminense. 


De acordo com o Mapa da Desigualdade 2020, recém lançado pela Casa Fluminense, a taxa de coleta seletiva de São Gonçalo é zero e apenas 3,9% do esgoto é tratado. No quesito educação, a cidade tem a pior nota média do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), na Região Metropolitana do Rio de Janeiro (3,4), bem abaixo da média nacional. Quando analisado o orçamento per capita, a receita corrente líquida por habitante também é a menor da RMRJ, com R$ 1.005,28. Ou seja, menos que um salário mínimo.


De olho nisso, as ONGs Casa Fluminense e a Fundação Cidadania Inteligente estão com inscrições abertas para curso de formação gratuito, inédito e totalmente online voltado para pré-candidaturas que vão concorrer às eleições municipais este ano, em São Gonçalo, Niterói e em outros municípios da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. As inscrições vão até o dia 11 de agosto e podem ser feitas no site giro2020.org. O resultado será divulgado no dia 14 de agosto e a seleção será feita de acordo com o edital. 


Durante duas semanas, serão 23 vídeo-aulas com especialistas em diversos conteúdos de políticas públicas com foco na prioridade das cidades e na redução das desigualdades, como mobilidade, saneamento, saúde, cultura, educação, entre outros. Além dos tópicos de políticas públicas, dois módulos são focados em estratégias de marketing, comunicação e financiamento de campanhas. 


Para Henrique Silveira, coordenador executivo da Casa Fluminense, fortalecer pré-candidaturas municipais comprometidas com redução das desigualdades e acesso à direitos é fundamental. "Os conteúdos que compõem a Formação Giro 2020 estão alinhado com a nova Agenda Rio 2030, conjunto de propostas de políticas públicas que refletem as prioridades das cidades e pautam a melhoria das condições de vida da população. A partir de diagnósticos apontados no Mapa da Desigualdade 2020, o percurso formativo vai demonstrar como o investimento em políticas urbanas e infraestrutura está relacionado com o desenvolvimento sustentável e inclusivo das cidades".


Já Maria Luize Freire, coordenadora da Fundação Cidadania Inteligente no Brasil, destaca que o contexto atual traz a urgência de ações no presente que disputem o futuro de nossos bairros, favelas e cidades. "O cenário de fragilidade institucional, polarização política e crise socioeconômica demanda de nós, sociedade civil, organização de estratégias de fortalecimento de pré-candidaturas alinhadas com uma agenda cidadã. Neste sentido, a Formação Giro 2020 vai priorizar a entrada de moradores da periferia, jovens, mulheres, negros, pessoas lgbt+ em toda a sua diversidade e intersecções. Para girar as pautas na direção certa, é preciso girar os protagonistas."

Veja também