Quadro de ex-prefeito fará parte de hall da Prefeitura de SG

Zeir Porto assumiu o Executivo gonçalense na década de 70

Enviado Direto da Redação

Por Rennan Rebello


A sede da Prefeitura Municipal de São Gonçalo, no Centro, reserva um hall com quadros com fotos de todos os políticos que foram prefeito da cidade. Porém, faltava uma fotografia, a do ex-prefeito Zeir Porto (1929-2015), que assumiu o posto mais alto do Executivo gonçalense entre os anos de 1975 a 1977. A fim de fazer uma 'reparação a história', o analista de sistemas, Marcos Rachid Porto, revindicou a foto de seu pai no espaço dedicado à memória política do município.


O seu pedido foi aceito e o novo quadro deverá ser pendurado na 'galeria dos prefeitos' na próxima quarta-feira (1º). "Eu tive a iniciativa, mas obtive a autorização do prefeito José Luiz Nanci, que concordou imediatamente quando lhe informei que o hall dos prefeitos estava sem a foto do meu pai", explicou Marcos.


Histórico - A trajetória política do ex-prefeito, Zeir Porto, foi retratada no livro 'Dirigentes Gonçalenses - Perfis (1890-2016)' do jornalista e historiador Jorge Nunes. No livro, o autor narra com precisão a época em que Porto assumiu o poder.


"Ingressou na política em 1950, quando se elegeu vereador para o mandato de 1º de fevereiro de 1951 a 31 de janeiro de 1955, tendo sido reeleito em 1954, pelo Partido Social Democrático (PSD), para o período de 1º de fevereiro de 1955 a 21 de janeiro de 1959. Candidato à Assembleia Legislativa, em 3 de outubro de 1958, ficou na suplência, mas foi convocado para o exercício do mandato em 1960 a 1961. Eleito deputado estadual, nas eleições de 3 de outubro de 1962 e de 1966., para mandatos de 1º de fevereiro de 1963 a 31 de janeiro de 1971. Em 15 de novembro de 1972, foi eleito vice-prefeito, empossado em 1º de fevereiro de 1973 e assumiu o cargo de prefeito (com a morte de Joaquim Lavoura) em 12 de agosto de 1975, havendo-o exercido até 31 de janeiro de 1977. Novamente eleito deputado, em 15 de novembro de 1978, pela Aliança Renovadora Nacional (Arena), foi reeleito quatro anos depois (já agora pelo PSD), para mandatos que duraram de 1º de fevereiro de 1979 a 31 de janeiro de 1987)", relatou Nunes, em sua obra.


O pesquisador também relembra que Zeir, após falecer no dia 25 de fevereiro de 2015,  na sua residência, em Niterói, no dia seguinte foi sepultado no Cemitério São Gonçalo, no Camarão, após ser velado no Centro Cultural Joaquim Lavoura, o Lavourão, no bairro Estrela do Norte.


Veja também