Dia Mundial do Refugiado no Rio de Janeiro ganha versão ​online

Programação inclui aula de dança, webinários sobre refúgio e culinária de vários países

Enviado Direto da Redação

Foto:
Um dia de celebração do talento, da resiliência e coragem das pessoas refugiadas, num encontro de culturas. Todos os anos, nos encontramos no Rio Refugiao maior evento de comemoração pelo Dia Mundial do Refugiado (20 de junho) no Rio de Janeiro, organizado pelo Programa de Atendimento a Refugiados (PARES) da Cáritas RJ, Sesc RJ, Abraço Cultural e feira Chega Junto, com o apoio do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR). A festa, que na edição passada recebeu um público de quase 4 mil pessoas no Sesc Tijuca. já entrou no calendário e no coração dos cariocas. Este ano, a pandemia da Covid-19 surpreendeu o mundo, e precisamos nos adaptar à nova realidade. Não será possível estarmos na presença de calor humano, e entre os aromas das barraquinhas de comida, mas ainda assim estaremos juntos. A edição 2020 do Rio Refugia será em casa, entre os dias 15 e 20 de junho. Na programação on-line, aula de dança latina, webinários sobre o tema do refúgio. além da culinária típica de vários países, que poderá ser saboreada com as entregas à domicílio. A intenção é levar até o público um pouco da experiência do evento realizado no Sesc Tijuca nos últimos dois anos. São tempos desafiadores. A necessidade do distanciamento social causou um grande impacto na economia de famílias de refugiados, pois muitas pessoas trabalhavam na informalidade e se viram impossibilitadas de seguirem com suas atividades. Por isto, este ano a festa não será apenas celebração, mas também uma oportunidade de apoiá-las e de chamar atenção para os desafios que elas enfrentam, como a integração econômica e social, sobre tudo num contexto de pandemia.Confira a programaçãoSEGUNDA, 15/06 Culinária árabe com Maria Elias, da Cozinha LibanesaTERÇA, 16/0618h - Webinário “Mulheres em refúgio: desafios e ações de integração”Mariama Bah, gambiana, empreendedora e ativista pelos direitos dos refugiadosMaria Beatriz Nogueira, chefe do escritório do ACNUR SPRosana Pereira Marques, assistente social e pesquisadora sobre refúgio, gênero, etnia e migraçãoMediador: Instituto IgarapéTransmissão: YouTube do Instituto IgarapéQUARTA, 17/06Culinária venezuelana com Maria Gabriela, da Comida Chévere RJ19h - Pocket aula de reggaeton, com Jeison ZambranoTransmissão: YouTube do Abraço CulturalQUINTA, 18/06Culinária marroquina com Mohammed El Jazouli, professor de francês do Abraço CulturalSEXTA, 19/0616h - Webinário “A situação do refúgio na pandemia e as ações no RJ”Débora Alves, assistente social do PARES Cáritas RJCharly Kongo, congolês, professor do Abraço CulturalRobert Montinard, representante da Mawon Moderador: Sesc-RioTransmissão: YouTube do Sesc-RioSÁBADO, 20/06Amarração de turbantes com Mireille Muluila, do PARES Cáritas RJLançamento do documentário "Adelante - A Luta das Venezuelanas Refugiadas no Brasil",de Luiza Trindade, em parceria com o Projeto Celina do Jornal O Globo.Plataforma: YouTube do Jornal O Globo

Veja também