Alerj terá CPI sobre saneamento da Região dos Lagos

A criação da CPI foi aprovada no final de 2019

Enviado Direto da Redação
 A criação da CPI foi aprovada pela Alerj em plenário no final de 2019

A criação da CPI foi aprovada pela Alerj em plenário no final de 2019

Foto: THIAGO LONTRA

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) será instalada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) para apurar suspeitas de irregularidades praticadas pela Prolagos, concessionária que administra serviços públicos de água e esgoto em municípios da Região dos Lagos. A primeira reunião, em que serão eleitos presidente, vice e relator do grupo, acontece nesta terça-feira, às 13h30, na sala 311 do Palácio Tiradentes. A criação da CPI foi aprovada pela Alerj em plenário no final de 2019.


Autor da resolução de criação da CPI, o deputado Dr. Serginho (PSL) afirma que o foco principal do grupo será a poluição crescente nas lagoas da região. "A Lagoa de Araruama está morrendo com o despejo de esgoto e dejetos. A população sofre com a cobrança de taxa mínima na conta de água. A concessionária se mostra ineficiente para atender essas demandas, havendo, inclusive, ação criminal sobre este aspecto. A CPI tem que investigar a fundo esses aspectos e buscar soluções para população", explicou o parlamentar.

Veja também