Presidente do PSL de Belford Roxo sofre atentado a tiros com a esposa e amigo

Há dois meses, quatro cachorros do político foram envenenados

Enviado Direto da Redação
Carro em que o político estava foi alvejado por vários tiros

Carro em que o político estava foi alvejado por vários tiros

Foto: Divulgação

O presidente do PSL de Belford Roxo, Júnior Cruz, de 37 anos, sofreu um atentado a tiros, quando estava de carro com a esposa e um amigo, na noite deste domingo (1). O crime aconteceu por volta das 21h, na Avenida Brasil, na altura de Acari, na Zona Norte do Rio. O presidente, a esposa e o amigo são policiais militares.

Segundo Cruz, que é pré-candidatando ao cargo de prefeito do município, o carro em que ele estava foi fechado por um Chevrolet Onix prata e, em seguida, três homens armados começaram a disparar contra o veículo. O político tinha acabado de sair de uma reunião de trabalho e estava a caminho de um outro evento em Muriqui, na Região da Costa Verde.

Ainda segundo o político, os criminosos fugiram após terem feito os disparos. As vítimas não reagiram pois estavam sem arma no momento do crime. Cerca de 70 metros depois do local do atentando, os três avistaram uma viatura da polícia e relataram o que tinha acontecido. Ninguém ficou ferido.

Júnior Cruz especula que o ação tenha sido um crime político, já que é pré-candidato à prefeito de Belford Roxo. Além disso, ele disse que vem sofrendo ameaças constantes. Um deles foi contra seus quatro cachorros que foram mortos há cerca de dois meses por envenenamento.

Veja também