Presidente Jair Bolsonaro é denunciado por crimes contra a humanidade

O presidente é acusado de crimes contra os indígenas e o meio ambiente

Enviado Direto da Redação
O presidente Jair Bolsonaro foi denunciado ao Tribunal Penal Internacional

O presidente Jair Bolsonaro foi denunciado ao Tribunal Penal Internacional

Foto: Divulgação


O presidente Jair Bolsonaro foi denunciado, nesta quarta-feira (27), ao Tribunal Penal Internacional  por “crimes contra a humanidade” e “incitação ao genocídio de povos indígenas” do Brasil.

Juristas do Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos (CADHu) e a Comissão de Arns - grupo formado por personalidades do mundo político, juristas, acadêmicos, intelectuais, jornalistas e militantes sociais - assinaram a denúncia. Eles alegam que Bolsonaro incitou violência contra populações indígenas, enfraqueceu a fiscalização e foi omisso na resposta a crimes ambientais na Amazônia.

Localizado no Haia, na Holanda, o Tribunal Penal Internacional foi criado em 2002 e é integrado por representantes de diversos países. Eles julgam indivíduos acusados de crimes contra a humanidade, genocídios, crimes de guerra e de agressão.

Será realizado consultas públicas para decidir se há base suficiente para iniciar uma investigação contra Bolsonaro.

Veja também