Bolsonaro divulga salário de Bonner e diz que ele sonega impostos

Crítica veio após ter seu nome vinculado a morte de Marielle

Enviado Direto da Redação
Crítica veio após ter seu nome vinculado a morte de Marielle

Crítica veio após ter seu nome vinculado a morte de Marielle

Foto: Divulgação

Na última segunda-feira (4), após ter seu nome atribuído ao assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) no Jornal Nacional, o Presidente Jair Bolsonaro (PSL) despejou críticas ao jornalismo da Rede Globo e, em especial, a William Bonner, divulgando seu salário na emissora e o acusando de sonegar impostos.


O jornalista foi citado por Bolsonaro em vídeo gravado que está circulando no YouTube e nas redes sociais.  “Se a Globo tiver vergonha na cara, não espera meu processo, concede [direito de resposta]. Estou aguardando dignidade. Eu vi o Bonner falando que é o jornalismo mais sério possível”, disse o presidente para se defender da reportagem da emissora.


Em seguida, o presidente divulgou o salário de R$ 800 mil do apresentador e atribuiu sua fidelidade à emissora devido ao alto pagamento que recebe mensalmente. Jair Bolsonaro também o acusou de sonegar impostos, o que é crime no Brasil.


“Lógico, quem ganha R$ 800 mil por mês não pagando imposto de renda como pessoa física, tem que defender a mesmo”, disse Bolsonaro.

Veja também