Alexandre Frota é expulso do PSL, partido de Jair Bolsonaro

Deputado foi acusado de infidelidade partidária

Enviado Direto da Redação
Deputado foi acusado de infidelidade partidária

Deputado foi acusado de infidelidade partidária

Foto: Agência Senado

O deputado federal Alexandre Frota foi expulso do Partido Social Liberal (PSL), na manhã desta terça-feira (13), após uma executiva na sede do partido. Ele foi acusado de infidelidade partidária.

O pedido de expulsão de Frota partiu da deputada Carla Zambelli e do senador Major Olímpio. Luciano Bivar foi o responsável por presidir a executiva que culminou da expulsão de deputado.

Na denúncia apresentada ao partido, constam palavras de Frota dizendo que o diretório estadual de São Paulo é uma "milícia de ex-PMs" e também palavras de que Bolsonaro era sua "maior decepção". Todos essas falas ou publicações foram retiradas do perfil oficial do deputado no Twitter.

Veja também