Guarda Municipal de Niterói realiza ação contra extração ilegal de mexilhão

Os animais foram soltos na Praia da Boa Viagem

Escrito por Redação 23/07/2019 10:37, atualizado em 23/07/2019 10:26
A ação aconteceu na Unidade de Conservação do Parnit
A ação aconteceu na Unidade de Conservação do Parnit . Foto: Divulgação

Integrantes da Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal de Niterói apreenderam 300 quilos de mexilhão que estavam sendo extraídos ilegalmente na Pedra de Itapuca e na Pedra do Índio, em Icaraí. Os dois locais fazem parte do Parnit (Parque Municipal de Niterói - Unidade de Conservação de Proteção Integral), que abrange a Zona Sul, a Região Oceânica e a área relativa ao entorno da Baía de Guanabara.

Os guardas ainda realizaram a soltura dos animais na Praia da Boa Viagem.


Os agentes da Guarda Municipal chegaram até o local motivados por denúncias de moradores feita diretamente a Secretaria de Ordem Pública de Niterói.


A lei 9.985/2000 prevê e estabelece que o objetivo básico da criação das unidades de conservação é a preservação da natureza, sendo admitido apenas o seu uso indireto, sem o comprometimento dos recursos naturais.


“Esse tipo de extração em unidade de conservação não pode acontecer. Nós recebemos as denúncias e, ao chegarmos ao local, constatamos que estavam fazendo a coleta ilegal nas unidades do Parnit. Nessas áreas de proteção só são permitidos o uso de seus atributos de forma indireta, ou seja, aquele que não envolve consumo, coleta, dano ou destruição dos recursos naturais”, explicou o coordenador da Guarda Ambiental de Niterói, Edson Jorge Martins.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas