Estacionamento rotativo em Maricá começa na próxima segunda-feira

A medida ainda está em período educativo

Enviado Direto da Redação

O estacionamento rotativo em Maricá só começa a ser cobrado na próxima segunda-feira, dia 15 de julho. Por enquanto, os agentes do Maricá Rotativo estão nas ruas orientando os condutores e advertindo aqueles que estacionam além das quatro horas na região central e das oito horas na orla maricaense.

Nesse período educativo, são emitidos comprovantes como forma de advertência para que as pessoas se conscientizem das regras do programa e não há cobrança ou autuação.


Vale frisar que o poder de multa cabe a Guarda Municipal. A partir da data de 15 de julho, quando o sistema começar a funcionar, os agentes do Maricá Rotativo irão notificar os veículos irregulares e as infrações serão emitidas pelos guardas municipais.


E os comprovantes de advertência são emitidos para veículos estacionados além de quatro horas na mesma localidade na cidade.


A prefeitura disponibilizou o aplicativo ‘Maricá Rotativo’, que já está disponível nas lojas virtuais, e em mais de 60 pontos para venda e distribuídos em diversos estabelecimentos como restaurantes, farmácias, entre outros comércios.


O tempo de tolerância para a aquisição dos tíquetes foi estipulada de até 15 minutos.


No sistema, motoristas com placa do município terão desconto de 20% e pagarão o valor de R$ 2 para estacionarem seus carros nas principais vias do Centro, válidos no período de duas horas e podendo ser prorrogado por mais duas horas.


Já para os condutores que possuem placas emitidas em outras cidades, a cobrança será no valor de R$ 2,50 para permanecerem o mesmo tempo, também prolongado por igual período.


Administração do projeto do Estacionamento Rotativo
- Este sistema e logística no trânsito maricaense é gerenciado pela Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), com o apoio em conjunto de outras autarquias municipais, tais como: Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito.


O Maricá Rotativo começou a ser implementado em junho deste ano, de forma educativa.

Veja também