Encontro entre fiéis tem como pauta o combate à intolerância religiosa

Maricá sediou o evento

Enviado Direto da Redação

O Cinema Público Henfil, no Centro, recebeu um café da manhã com lideranças de matrizes africanas, promovido pela Coordenadoria de Assuntos Religiosos. O encontro teve como tema a intolerância religiosa e como combatê-la.



A mesa de abertura foi composta por Oliver Costa Goiano, coordenador da pasta e pelos convidados Iya Marcia de Oxaguian; Márcia Passos, militante de Axé; Sandra Gurgel, professora cientista religiosa; Pai Liminha de Ogum e Mãe Simone de Iemanjá.



“Nós pudemos debater como o governo, com suas políticas públicas, pode tornar Maricá uma cidade que possibilita respeito e tolerância com todas as religiões. Temos que manter Maricá uma cidade que é marcada pelo respeito”, comentou o coordenador de Assuntos Religiosos, Oliver Goiano.



Integrante do grupo Candomblé de Portas Abertas, Cláudia Martins, 43, compareceu com a filha Maria Eduarda Martins, de 7 anos, e falou sobre o coletivo que participa em Maricá.



“Somos uma religião de resistência e ter esse tipo de debate é muito importante, pois precisamos do apoio do governo para que possamos mostrar, também, o trabalho social que a gente desenvolve na cidade. Fazemos trabalhos de conscientização com o meio ambiente, com limpeza das cachoeiras, praias, encruzilhadas e de todos os outros que, para a nossa religião, são lugares sagrados”, explicou Cláudia.

Veja também