Tanguá sedia evento com o tema 'produção de laranjas'

O objetivo é de agregar valor ao produto

Enviado Direto da Redação
Evento aconteceu no Teatro Ana Maria Gac, no município

Evento aconteceu no Teatro Ana Maria Gac, no município

Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural, recebeu vereadores e membros da Associação dos Citricultores e Produtores Rurais de Tanguá no Teatro Ana Maria Gac para a apresentação do projeto da empresa vencedora da licitação para a Indicação Geográfica da laranja de Tanguá.

O Instituto de Inovação e Tecnologias Sustentáveis (Inovates) será a responsável por levar adiante o processo da Indicação Geográfica, organizando os trâmites burocráticos junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) e ficando a frente das etapas que ainda restam para que a laranja do município seja reconhecida nacionalmente pelas suas características e protegida de imitações.

“O próximo passo, será uma reunião técnica entre o Inovates e todas as entidades envolvidas para começarmos a alinhar os trabalhos daqui em diante”, afirmou a Secretária Municipal de Agricultura, Cláudia Milão.

A indicação geográfica da laranja da região de Tanguá, por Denominação de Origem, tem por finalidade reconhecer a notoriedade, reputação, qualidade e características típicas do produto e da sua própria produção. O principal objetivo será a de agregar valor ao produto final e principalmente proteger a região produtora.

Também são parceiros no processo de Indicação Geográfica, o Ministério da Agricultura (graças a convênio firmado com a prefeitura), Embrapa, EMATER Rio e a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento.

Veja também