Carnaval de Maricá gera saldo positivo na economia da cidade

Comércio e setor hoteleiro obtiveram maior lucro

Enviado Direto da Redação
Carnaval teve 22 pontos espalhados por distritos pra foliões curtirem atrações na cidade

Carnaval teve 22 pontos espalhados por distritos pra foliões curtirem atrações na cidade

Foto: Divulgação

Além da diversão, o carnaval de Maricá, intitulado como ‘Maricarnaval’, foi positivo para a economia do município. O evento organizado pela Secretaria de Turismo contou com 22 pontos de folia distribuídos pelos quatro distritos da cidade. Durante todo o evento foi grande a quantidade de visitantes de outras cidades que vieram aproveitar blocos, bailes e shows.


O comércio e o setor de hotelaria foram os que mais registraram volume de vendas, ainda que não tenham feito comparações com o mesmo período de 2018. Dono do Restaurante do Alexandre (Boqueirão), Alexandre Braz afirma que o movimento do seu estabelecimento começou a aumentar na terça-feira de carnaval e continuou mesmo após o término da festa. “As pessoas chegam empolgadas, fazendo churrascos e reuniões em casa. Lá para terça-feira estão querendo um descanso da cozinha, aí todo mundo vem para cá. Daí em diante, temos movimento de fim de semana todos os dias”, ressaltou.


“Durante o carnaval, nosso movimento na parte da manhã foi muito e a tarde um pouco mais tranquilo. Nos lanches a diferença não foi muito grande, mas passamos a vender mais tortas inteiras, para festas”, contou a gerente da D’Goulart Doceria e Cafeteria (Centro), Juliana Goulart.


Para o presidente da Associação Comercial de Maricá, Jorge Luiz Braga, mesmo sem um levantamento oficial, foi possível observar o crescimento de alguns setores com o aquecimento do turismo na região especialmente em épocas com datas comemorativas associadas ao investimento do município em ações que gerem atrativo turístico. “Percorri alguns distritos, conversei com diversos comerciantes, e fica clara a grande movimentação em bares, restaurantes e supermercados. Além das pousadas e hotéis, muitos segmentos ganham com a vinda dos visitantes”, destacou Jorge Luiz.

Veja também