Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 5,1937 | Euro R$ 5,5292
Search

PF pede que origem de dinheiro encontrado na casa de Daniel Silveira seja analisada

O caso está sob sigilo no STF. Delegado quer autorização para fazer levantamento patrimonial de ex-deputado

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 20 de fevereiro de 2023 - 14:44
Daniel Silveira
Daniel Silveira -

A Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura de um inquérito para investigar a origem de R$ 257 mil apreendidos na casa do ex-deputado Daniel Silveira (PTB-RJ). Além do dinheiro, quatro veículos também foram encontrados no local.

Silveira voltou a ser preso por por ordem do ministro do STF, Alexandre de Moraes, no início do mês, em Petrópolis, na região Serrana do Rio. A prisão preventiva foi decretada por descumprimento de medidas cautelares definidas pelo tribunal – como o uso de tornozeleira eletrônica e a proibição de usar redes sociais. 

Na época, a PF encontrou mais de R$ 257 mil e quatro carros que estão em nomes de outras pessoas. A PF não encontrou registro de um dos carros na base de dados disponível. 

Aos policiais, Silveira alegou que os veículos ainda estavam em processo de transferência e que o dinheiro eram saques em espécie de valores da sua conta pagamento. 

O pedido de investigação da PF está sob sigilo no STF e será analisado por Moraes. Uma das primeiras medidas solicitadas pela PF é o levantamento patrimonial de Silveira. 

O ex-deputado deve ao menos R$ 4,3 milhões em multas por descumprimento de medidas cautelares em 175 ocasiões. Ele deixou de usar a tornozeleira eletrônica, concedeu entrevistas e usou as redes sociais enquanto estava proibido pelo STF.

Silveira foi condenado pelo STF, em abril de 2022, por estímulo a atos antidemocráticos e ataques a autoridades e instituições. A pena foi de 8 anos e 9 meses de prisão. Um dia após o julgamento, o ex-presidente Jair Bolsonaro concedeu um indulto individual, perdoando a condenação.

Matérias Relacionadas