Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,1836 Euro down 5,2776
Search

Bolsonaro recua, mas depois aceita ser entrevistado pelo Jornal Nacional

Presidente aceitou as regras impostas pelo programa para participar da entrevista

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 05 de agosto de 2022 - 11:56
Bolsonaro queria que a entrevista fosse concedida no Palácio da Alvorada, em Brasília
Bolsonaro queria que a entrevista fosse concedida no Palácio da Alvorada, em Brasília -

O presidente Jair Bolsonaro decidiu ir aos estúdios da TV Globo no Rio de Janeiro e participar da entrevista que os apresentadores do telejornal fazem com os candidatos à presidência. A informação é do portal G1. 

Na manhã desta quinta-feira (4), a assessoria do presidente, manifestou o interesse de Bolsonaro de participar da sabatina, mas o candidato à reeleição queria ser entrevistado no Palácio da Alvorada, em Brasília, alegando que “em função da campanha e de compromissos assumidos anteriormente, a agenda presidencial impossibilita a ida ao RJ, no dia 22 de agosto”, o que contraria as regras da TV Globo, que entrevistará os outros candidatos em seus estúdios no Rio de Janeiro.

A emissora explicou à assessoria que, desde as eleições de 2014, todas as entrevistas devem ser concedidas nos estúdios, no mesmo local, para garantir igualdade de tratamento entre os candidatos.

Segundo a Globo, a assessoria explicou que o e-mail apenas indicava uma preferência, mas que ele não se recusava a ir ao Rio de Janeiro para a entrevista, confirmando assim a entrevista para o dia 22.

O Jornal Nacional convidou os cinco candidatos mais bem colocados na pesquisa, de acordo com a última pesquisa do Instituto Datafolha, de 28 de julho.

As entrevistas acontecerão entre os dias 22 e 26 de agosto. O primeiro entrevistado será o presidente Bolsonaro, do PL (22/8), seguido de Ciro Gomes, do PDT (24/8). O terceiro será o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, do PT (25/8), e, por último, a candidata Simone Tebet, do MDB (26/8). O quinto candidato convidado foi André Janones, do Avante, mas ele retirou sua candidatura para apoiar Lula.

Matérias Relacionadas