Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,1523 Euro down 5,2719
Search

Pesquisa revela que 49% dos eleitores pararam de falar sobre política para evitar conflitos

Quase metade dos entrevistados mudaram de atitude com aproximação das eleições

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 01 de agosto de 2022 - 09:54
Brasileiros evitam falar sobre política nas redes sociais e aplicativos de troca de mensagens.
Brasileiros evitam falar sobre política nas redes sociais e aplicativos de troca de mensagens. -

Praticamente metade dos eleitores brasileiros (49%) disseram ter deixado de conversar sobre política com amigos e familiares nos últimos meses para evitar brigas, de acordo com pesquisa Datafolha realizada na semana passada.

Segundo o levantamento, a porcentagem é maior entre os eleitores de Lula (54%), candidato do PT, frente aos eleitores de Jair Bolsonaro (40%), do PL.

Na internet, foi encontrada uma atitude parecida. A pesquisa indicou que 53% dos eleitores mudaram de postura nas redes sociais para evitar desentendimentos com amigos e familiares.

No WhatsApp, o aplicativo de conversa mais utilizado pelos brasileiros, 43% pararam de falar sobre política e 19% saíram de algum grupo que participavam. Já em outras redes sociais, 41% das pessoas deixaram de comentar e publicar conteúdo relacionado às eleições. Essas taxas também são mais elevadas entre os eleitores de Lula. 

De acordo com o Datafolha, o WhatsApp é usado por 84% dos apoiadores de Bolsonaro e por 74% dos apoiadores de Lula.

O Telegram, concorrente do principal aplicativo de mensagens do Brasil, está instalado em 21% dos celulares dos entrevistados.

Matérias Relacionadas