Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,2603 Euro down 5,3632
Search

Presidente do Inep pede demissão e alega "motivos pessoais"

Saída acontece poucos meses antes da aplicação do Enem

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 27 de julho de 2022 - 16:14
Ele tomou posse como presidente do Inep em fevereiro do ano passado
Ele tomou posse como presidente do Inep em fevereiro do ano passado -

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta quarta-feira (27) que o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Danilo Dupas, pediu demissão do cargo. Ele tomou posse como presidente do Inep em fevereiro do ano passado. De acordo com uma publicação do ministro Victor Godoy nas redes sociais, Dupas saiu do cargo por "motivos pessoais".

A saída de Dupas acontece faltando pouco mais de quatro meses para as provas do Enem, que acontecerão nos dias 13 e 20 de novembro. O Inep é o órgão responsável por toda a elaboração e logística envolvendo o exame. O Inep será assumido interinamente, a partir de agosto, pelo diretor de Estatísticas Educacionais, Carlos Eduardo Moreno Sampaio.

"Agradeço [a Dupas] por todo o trabalho realizado nesse período, que trouxe avanços importantes para a autarquia", escreveu Godoy.

Carlos Moreno é servidor de carreira da própria instituição, doutorando em Educação pela Universidade Católica de Brasília e Mestre em Estatísticas pela Universidade de Brasília (UnB). Moreno é o quinto nome no cargo durante o governo de Jair Bolsonaro (PL) e o primeiro a ter experiência técnica na área.

Matérias Relacionadas