Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0721 Euro up 5,2039
Search

Pré-candidato à presidência, João Doria, desiste da corrida presidencial

Doria enfrentava falta de apoio do próprio partido

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 23 de maio de 2022 - 15:29
Doria enfrentava falta de apoio do próprio partido e da 'terceira via'
Doria enfrentava falta de apoio do próprio partido e da 'terceira via' -

O pré-candidato à presidência, João Doria (PSDB), desistiu de se candidatar ao cargo devido a falta de apoio político do próprio partido. Doria afirmou em um pronunciamento feito nesta segunda-feira (23) que vai se retirar da corrida presidencial e acredita que a cúpula do partido vai escolher um outro nome com mais aderência interna.

"Me retiro da disputa com o coração ferido, mas com a alma leve", disse Doria após se reunir com a cúpula do partido. O PSDB deve considerar um apoio à senadora Simone Tebet (MDB) em reunião da executiva nesta terça-feira (24).

"Hoje, neste 23 de maio, serenamente, entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB.  Aceito esta realidade com a cabeça erguida. Sou um homem que respeita o bom senso, o diálogo e o equilíbrio. Sempre busquei e seguirei buscando o consenso, mesmo que ele seja contrário à minha vontade pessoal. O PSDB saberá tomar a melhor decisão no seu posicionamento para as eleições deste ano", completou Doria.

Com o acordo dos partidos MDB, PSDB e Cidadania para lançar uma candidatura única nomeada 'terceira via' que possa derrotar o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi deliberado que Doria já tinha chegado a um limite nas pesquisas eleitorais, enquanto a senadora Simone Tebet ainda tem margem para crescimento. Além disso, o próprio Doria enfrentava resistências internas no PSDB e de partidos da 'terceira via'.

Matérias Relacionadas