Lula e Alckmin se encontram em jantar em São Paulo

Dupla conversa sobre possível chapa na eleição de 2022

Escrito por Redação 20/12/2021 18:19, atualizado em 20/12/2021 15:26
Evento ocorreu no domingo (19)
Evento ocorreu no domingo (19) . Foto: Divulgação/Ricardo Stuckert

O ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (sem partido) se encontraram em uma jantar na capital paulista neste domingo (19). O evento foi organizado pelo grupo Prerrogativas, composto por advogados, juristas e artistas. 

No último dia 15, o ex-governador de SP anunciou sua saída do PSDB. Nos bastidores, a movimentação é para que ele se filie ao PSB e aceite a possibilidade de ser candidato a vice-presidente na chapa com Lula. O ex-presidente, no entanto, tem afirmado que só anunciará oficialmente sua candidatura em março de 2022.

Na sexta-feira (17), Lula também conversou com aliados sobre a possibilidade de Alckmin se filiar ao PSD, presidido pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. No entanto, a probabilidade para que isso ocorra é baixa. O jantar contou ainda com a participação do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e o ex-governador Marcio França (PSB), que trabalham para o ex-tucano migrar para o PSB.

Em seu discurso, Lula disse que ainda não há definição sobre 2022. "Ainda não defini minha candidatura porque estou com muito juízo", disse". "Eu sei da minha responsabilidade quando eu definir minha candidatura". Sobre Alckmin, disse que o ex-governador ainda deve se filiar a um partido político. "Quem vai dizer se a gente pode se juntar ou não é o meu partido e o dele", afirmou.

Lula também falou sobre o fato de ele e Alckmin serem adversários históricos. O presidente minimizou a situação e disse que é preciso fazer alianças. "Não importa se no passado trocamos 'botinadas'".

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas