Alexandre de Moraes determina prisão preventiva e extradição de Allan dos Santos

Ministro determinou inclusão do mandado de prisão na lista da Interpol

Escrito por Redação 21/10/2021 15:30, atualizado em 21/10/2021 16:30
Allan dos Santos está atualmente nos Estados Unidos
Allan dos Santos está atualmente nos Estados Unidos . Foto: Divulgação/Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a prisão preventiva e a extradição do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, que está nos Estados Unidos com o visto vencido.

A ordem de prisão foi concedida por Moraes no dia 5 de outubro. O pedido teria partido da Polícia Federal no âmbito do inquérito que investiga a criação de uma organização criminosa para disseminação de notícias falsas, do qual Allan é investigado por fazer parte. 

O blogueiro é investigado em dois inquéritos no Supremo. Um deles investiga a propagação de notícias falsas, e o outro apura a formação das chamadas "milícias digitais", grupos criados para ameaçar as instituições da República. 

Na decisão que dividiu o inquérito, Moraes disse que Allan do Santos teria tentado “influenciar e provocar um rompimento institucional”. O documento foi obtido e divulgado pela CNN Brasil. 

“A partir da posição privilegiada junto ao presidente da República e ao seu grupo político, especialmente os deputados federais Bia Kicis, Paulo Eduardo Martins, Daniel Lúcio da Silveira, Carolina de Toni e Eduardo Bolsonaro, dentre outros, além e particularmente o Ten-Cel. Mauro Cesar Cid, ajudante de ordens do presidente da República, a investigação realizada pela Polícia Federal apresentou importantes indícios de que Allan dos Santos tentou influenciar e provocar um rompimento institucional”, afirma o documento.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas