Ciro, Amoedo e Joice Hasselmann são multados por não usarem máscaras durante protestos em SP

Políticos participaram de protesto contra o presidente Jair Bolsonaro

Escrito por Redação 14/09/2021 14:48, atualizado em 14/09/2021 15:32
Ciro Gomes participou do evento em São Paulo
Ciro Gomes participou do evento em São Paulo . Foto: Reprodução/Redes Sociais

O governo de São Paulo, através da secretaria estadual de Saúde, multou, na segunda-feira (13), nove autoridades que participaram do ato contra o presidente Jair Bolsonaro realizado na Avenida Paulista, no Centro de São Paulo, no domingo (12). O grupo não fez o uso da máscara de proteção facial. 

De acordo com a secretaria, foram autuados Ciro Gomes (PDT), João Amoedo (Novo), o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), os deputados federais Joice Hasselmann (PSL-SP), Marcelo Ramos (PL-AM) e Bozzella (PSL-SP), e os deputados estaduais Arthur do Val (Patriota), Heni Ozi Cukier (Novo) e Isa Penna (PSOL).

O uso da máscara é obrigatório em São Paulo e a multa para quem desrespeita a resolução é de R$ 552,71. O governador de São Paulo, João Dória, também participou do evento, mas não foi multado. Os autuados podem apresentar recurso contra a multa.

De acordo com a pasta, “todos os cidadãos, incluindo figuras públicas e políticas, devem zelar pela proteção individual e coletiva”. 

Outros políticos já foram multados pelo estado de São Paulo por não usarem máscara de proteção. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) também já foi autuado pelo governo paulista seis vezes pelo mesmo motivo.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas