Deputado quer campanha antidrogas nas universidades do Rio

Alunos e professores deverão organizar campanhas de conscientização

Escrito por Redação 09/06/2021 14:56, atualizado em 09/06/2021 15:45
Charlles Batista (PSL) é o autor do projeto de lei
Charlles Batista (PSL) é o autor do projeto de lei . Foto: Divulgação/Alerj

O deputado bolsonarista Charlles Batista (PSL) apresentou um projeto de lei na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) que determina a realização de campanhas de esclarecimento sobre os danos de consumo de drogas ilícitas nas universidades púbicas e privadas do estado do Rio.

A proposta nº 3843/2021 determina que professores e alunos deverão discutir, planejar e realizar programas que visem à prevenção de entorpecentes em todo o campo universitário.

Segundo o projeto, o principal alvo das ações serão "grupos especialmente vulneráveis para o uso de drogas ilícitas", classificados como "pessoas com diagnóstico pregresso ou atual de dependência de substâncias psicoativas lícitas ou ilícitas; pessoas com algum familiar com dependência de substâncias psicoativas; pessoas com comportamento violento, agressivo ou com o diagnóstico de depressão; e pessoas oriundas de famílias com relações disfuncionais, vínculos afetivos precários de regras e normas claras dentro do contexto familiar."

De acordo com o deputado, é necessário que sejam elaborados meios para desestimular o consumo de drogas dentro dos espaços universitários.

"As universidades desempenham papel de suma importância, formando profissionais e propiciando o estudo e pesquisa científicos, colaborando ativamente no desenvolvimento da sociedade. Sendo que, infelizmente a venda e uso de substâncias entorpecentes fazem parte do cotidiano de alguns estabelecimentos de ensino superior, devendo, portanto, serem elaborados mecanismos de controle e conscientização acerca dos males acarretados pelo uso de drogas ilícitas, bem como a desestimulação do consumo", justifica o deputado. 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas