Em tratamento contra câncer, Bruno Covas, prefeito de São Paulo, é transferido para UTI e está intubado

O prefeito está internado no Hospital Sírio Libanês

Escrito por Redação 03/05/2021 16:49, atualizado em 03/05/2021 17:40
Foi detectado um sangramento no estômago do político
Foi detectado um sangramento no estômago do político . Foto: Reprodução/Redes Sociais

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, foi transferido para a UTI do hospital Sírio Libanês na manhã desta segunda-feira (3), após a descoberta de um sangramento no estômago durante um exame de endoscopia. 

Segundo nota da equipe médica que o acompanha, Covas passou por exames de sangue e imagem para continuar o tratamento de quimio e imunoterapia, mas foi encontrado um sangramento durante os procedimentos.  

“A endoscopia demonstrou sangramento no local do tumor inicial, que está sendo controlado com medidas de hemostasia local. O prefeito Bruno Covas foi encaminhado para UTI submetendo-se a intubação oro-traqueal e recebendo as medidas adequadas de suporte clínico”, afirma o documento.

Covas pediu licença do cargo no último domingo (2) para se dedicar exclusivamente ao tratamento do câncer, descoberto em 2020. O vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB) assumirá o posto assim que for autorizado pela Câmara Municipal de São Paulo. Bruno Covas foi internado no dia 15 de abril para realizar exames de controle, que detectaram novos pontos de câncer nos ossos e no fígado. Após ser hospitalizado e ter uma piora em seu quadro de saúde, ele recebeu alta no dia 27 de abril.

“Partiu casa! Mais uma vitória entre muitas batalhas. Agradeço a todos pelas rezas, orações e pensamentos positivos. O tratamento continua. O carinho e força que recebi durante todos esses dias são essenciais para continuar lutando e acreditando”, escreveu o prefeito em um perfil nas redes sociais na época.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas