Eduardo Bolsonaro apoia ato que destituiu Suprema Corte de El Salvador

Ato foi considerado inconstitucional

Escrito por Redação 03/05/2021 14:32, atualizado em 03/05/2021 15:23
Eduardo Bolsonaro fez crítica a decisões dos juízes
Eduardo Bolsonaro fez crítica a decisões dos juízes . Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, comentou em suas redes sociais, no último domingo (02), um ato do poder legislativo de El Salvador, na América Central, que destituiu todos os ministros da Suprema Corte do País. 

Eduardo compartilhou uma mensagem do presidente salvadorenho Nayib Bukele, que disse: “Aos nossos amigos da comunidade internacional: queremos trabalhar com vocês, negociar, viajar, nos conhecer e ajudar onde pudermos. Nossas portas estão mais abertas do que nunca. Mas com todo o respeito: estamos limpando nossa casa… e isso não é da sua conta”. Em resposta de apoio, Eduardo comentou: "Juízes julgam casos, se quiserem ditar políticas que saiam às ruas para se elegerem".

Destituição inconstitucional 

A Assembleia Legislativa de El Salvador, de maioria governista, aprovou, no último sábado (01), a destituição de todos os cinco juízes da Câmara Constitucional do Supremo Tribunal de Justiça e também do Procurador-Geral do país. Eles foram acusados de decretarem decisões arbitrárias ao impedirem decisões do presidente Nayib Bukele, que vinha fazendo críticas e denúncias contra o poder judiciário. Apesar de a Suprema Corte ter julgado a decisão como inconstitucional, os substitutos foram nomeados.

A decisão do poder legislativo do país recebeu críticas públicas do governo norte-americano do presidente Joe Biden por meio do seu assessor para a América Latina. Além disso, também recebeu manifestações de repúdio de organismos internacionais como Human Rights Watch (HRW).

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas