Ex-vereador Renatinho deixa PSOL para assumir secretaria em Niterói

Movimento é visto como sinal de enfraquecimento do PSOL

Escrito por Redação 22/02/2021 15:55, atualizado em 22/02/2021 16:50
Movimento é visto como sinal de enfraquecimento do PSOL
Movimento é visto como sinal de enfraquecimento do PSOL . Foto: Divulgação/PSOL Niterói

Ex-vereador de Niterói por cinco mandatos e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara por 10 anos, Renatinho do PSOL, como era conhecido, vai anunciar sua saída do partido para tomar posse como subsecretário de Direitos Humanos na prefeitura de Niterói. A informação, que corria nos bastidores, não havia sido formalizada por nenhuma das partes. 

A decisão de Renatinho veio depois de um convite feito pelo secretário de Direitos Humanos da cidade, Raphael Costa, que também é presidente do diretório municipal do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Niterói. 

Inicialmente, Renatinho havia se posicionado como oposição ao governo municipal, mas justificou sua decisão. “Dom Helder dizia que, ás vezes, é preciso mudar para ser o mesmo. Sempre fiz uma oposição propositiva, construtiva, e vou seguir a minha coerência para continuar lutando pelos direitos humanos e pelos mais pobres”, afirma. 

No meio político, a decisão foi vista como uma vitória do governo, já que Renatinho é uma figura com histórico perfil de oposição ao governo e agora faz parte do mesmo, demonstrando fortalecimento e credibilidade da liderança do prefeito. Além disso, também mostra um sinal de enfraquecimento do PSOL em Niterói, que nos últimos anos esteve na oposição ao governo e, agora, perde um de seus principais líderes.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas