Após polêmica do leite condensado, Bolsonaro ataca imprensa com xingamentos

Presidente esteve em um encontro com autoridades nesta quarta-feira

Escrito por Redação 28/01/2021 08:40, atualizado em 28/01/2021 10:28
Bolsonaro atacou a imprensa com ofensas após reportagem que divulgou os gastos do Governo Federal com alimentos em 2020
Bolsonaro atacou a imprensa com ofensas após reportagem que divulgou os gastos do Governo Federal com alimentos em 2020 . Foto: Divulgação/Sérgio Lima/AFP

Nessa quarta-feira (27), o presidente Jair Bolsonaro atacou as reportagens que mostravam a compra de R$ 15 milhões em leite condensado, além de outras polêmicas com vários alimentos. Bolsonaro rebateu as afirmações em um encontro feito com autoridades do país.

“Leite condensado? Vai para **** que *****! É para enfiar no rabo de vocês da imprensa”, atacou Bolsonaro, em uma das ofensas.

As declarações de Bolsonaro foram gravadas por um apoiador e o vídeo circulou nas redes sociais. O local estava aglomerado e todos estavam sem máscaras. Após as falas do presidente, houve aplausos dos participantes da reunião e iniciaram cantos de "mito". Um dos ministros que estavam no encontro foi Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores.

A reportagem do jornal Metrópoles divulgou os gastos do Governo Federal com alimentos em 2020, que tiveram um aumento de 20% em relação ao ano de 2019. As informações estão disponíveis no Portal da Transparência.

O Ministério da Defesa comunicou em nota que os militares recebem a alimentação que as Forças Armadas fornece.

"O efetivo de militares da ativa é de 370 mil homens e mulheres, que diariamente realizam suas refeições, em 1.600 organizações militares espalhadas por todo o país. O valor da etapa comum de alimentação, desde 2017, é de R$ 9,00 (nove reais) por dia, por militar. Com esses recursos são adquiridos os gêneros alimentícios necessários para as refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar). Esse valor não é reajustado há três anos. As Forças Armadas têm a responsabilidade de promover a saúde da tropa por meio de uma alimentação nutricionalmente balanceada, em quantidade e qualidade adequadas, composta por diferentes itens.

O leite condensado é um dos itens que compõem a alimentação por seu potencial energético. Eventualmente, pode ser usado em substituição ao leite. Ressalta-se que a conservação do produto é superior à do leite fresco, que demanda armazenamento e transporte protegido de altas temperaturas. De acordo com o IBGE, o brasileiro consome em média 5,6 gramas de doce à base de leite por dia. Por se tratar de um contingente eminentemente jovem, o consumo, eventualmente, pode ser até um pouco superior", afirmou a nota do Ministério da Defesa.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas