‘Cantusca’: 102 anos de glórias

Clube comemora aniversário sonhando em voltar a disputar Campeonato Carioca

Enviado Direto da Redação

Foto: Divulgação

Durante evento, Rodrigo Neves disse que lei municipal pode ajudar clube a atrair patrocínios

Foto: Divulgação

Por Sérgio Soares

Uma grande festa foi realizada no último domingo, no Canto do Rio, um dos mais tradicionais clubes da cidade, para celebrar os 102 anos da agremiação. Fundado em 14 de novembro de 1913, a data da festividade foi alterada por um projeto de lei municipal para incluí-lo no calendário oficial de comemoração do aniversário do cidade. Estiveram presentes diversas personalidades, entre elas ex-atletas e o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

Acompanhado do vice-prefeito, Axel Grael, e do secretário Municipal de Esporte e Lazer, Bruno Souza, Neves falou sobre ações que a Prefeitura está tomando para ajudar o “Cantusca” a voltar a disputar o Campeonato Carioca.

“O Canto do Rio é uma instituição de Niterói, que formou muitos jovens e atletas. A gente quer que o clube volte a ser a referência no esporte que foi na história de Niterói, do Rio e do Brasil. A Prefeitura não irá patrocinar, mas está estimulando, encorajando e apoiando empresas que desejam investir e fazer parceria com o Canto do Rio”, disse Rodrigo.

Segundo o prefeito, uma lei municipal está sendo elaborada para que o setor privado possa apoiar a agremiação através de incentivos (fiscais). A comemoração veio num momento em que o clube se restrutura para a retomada do futebol profissional.

Em 2016, o plano da direção é disputar a Série C e retomar o Estádio Caio Martins para o mando dos jogos, que será possível graças a um termo de compromisso firmado com o Botafogo - que detém a concessão do estádio até 2023 - e a Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude.

O Canto Rio disputou o Campeonato Carioca durante 23 anos, entre 1941, ano de inauguração do Caio Martins, e 1964. O maior feito do clube foi em 1953, quando venceu o Torneio Início sobre o Vasco, em pleno Maracanã.

Veja também