Campanha 'Niterói Solidária' acompanha entrega de kits em Santa Rosa

Mais de 40 toneladas já foram arrecadadas e cerca de 60% já foram distribuídos para famílias niteroienses que mais precisam

Escrito por Redação 24/05/2021 21:32, atualizado em 24/05/2021 22:22
Mais de 60% desses alimentos já foram distribuídos para famílias carentes.
Mais de 60% desses alimentos já foram distribuídos para famílias carentes. . Foto: Divulgação/Fotógrafa Luciana Carneiro

 A equipe de coordenação da Campanha Niterói Solidária acompanhou, nesta segunda-feira (24), mais uma entrega dos kits montados com as doações feitas pela população no momento da vacinação contra Covid-19. Desta vez, as entregas aconteceram no Centro Juvenil Oratório Mamãe Margarida, em Santa Rosa, que atende adolescentes e jovens da comunidade. A instituição é uma das 24 inscritas no chamamento público feito pela Prefeitura de Niterói. O Colégio Abel também realizou uma doação de 500kg de alimentos para a campanha.

 A campanha Niterói Solidária, criada em 7 de abril, tem o propósito de agir como mais um braço de solidariedade em meio à pandemia do novo coronavírus, já arrecadou mais de 40 toneladas de alimentos e quase 4 mil itens de higiene e limpeza. Mais de 60% desses alimentos já foram distribuídos para famílias carentes. Aproximadamente 2100 kits foram entregues para a população mais vulnerável de Niterói.

A coordenadora voluntária da Campanha, a primeira-dama Christa Grael, destacou a generosidade dos niteroienses e alertou que a campanha continua. “Estou muito feliz com a generosidade da população de Niterói. Tem sido muito importante e gratificante participar dessa campanha. Mas quero ressaltar que a pandemia não acabou e os postos de vacinação continuam recebendo as doações. Quem puder, passa lá e deixa a sua contribuição que tem ajudado muitas famílias”, disse a coordenadora.

O secretário municipal de Direitos Humanos, Raphael Costa, que coordena a logística com as instituições credenciadas no chamamento público, ressaltou a importância da campanha neste momento. "A pandemia agravou o desemprego, então a Campanha Niterói Solidária está sendo muito importante para articular uma grande rede de garantia da segurança alimentar. Com esta iniciativa, a prefeitura está colocando sua estrutura como intermediadora, conectando os cidadãos que querem doar com as organizações que precisam das doações", explicou Raphael.

Elaine Holanda, diretora do projeto social do Centro Juvenil Oratório Mamãe Margarida destacou que o trabalho realizado pela entidade ficou ainda mais difícil durante o período da pandemia. "Essa doação é de fundamental importância. As pessoas estão vivendo em estado de miséria. A maioria é empregada doméstica ou operários de obras, que foram reduzidos ou demitidos", avaliou.

A equipe de organização da Campanha pede para ressaltar a necessidade de doação dos complementos como farinha de mandioca, fubá, sal, biscoito, extrato de tomate e enlatados para complementar os kits que são entregues às famílias. No quesito produtos de limpeza, faltam sabão em pó, água sanitária e desinfetante. Para higiene pessoal, as doações de desodorante, shampoo, condicionador, papel higiênico e absorvente são bem vindas e muito necessárias.

Daniele Silva, mãe de um aluno de 11 anos que entrou no projeto antes da pandemia, afirmou que o projeto está ajudando muitas pessoas. "Estamos passando muitas dificuldades nessa pandemia e com desemprego também. Eu trabalhava como babá e a pandemia fez com que a gente ficasse em casa e não trabalhasse mais. Então quando veio esse apoio com a cesta básica, que é o alimento que a gente mais necessita, foi muito importante. A gente tem a nossa fé, mas esse apoio é fundamental para que a gente possa se reerguer", disse.

A campanha é uma iniciativa que envolve diretamente várias secretarias e dezenas de funcionários da prefeitura na logística da operação, como os voluntários da Defesa Civil, os agentes das secretarias de Direitos Humanos, de Assistência Social, de Conservação e Serviços Públicos, das administrações regionais e da Ordem Pública, onde os alimentos são armazenados.

A Prefeitura de Niterói vem, desde abril de 2020, realizando ações para minimizar os impactos causados pela pandemia com a distribuição de mais de 100 mil cestas básicas e dos cartões com recarga mensal de R$ 500 entregues a mais de 50 mil pessoas. Os benefícios foram prorrogados até julho. O investimento já passou dos R$ 600 milhões.


Locais de doação

As doações podem ser feitas de segunda a sexta, das 8h às 16h, nas policlínicas da Engenhoca, São Lourenço, Vital Brazil, Barreto, Itaipu, Piratininga, Clube Central (Icaraí), Campo de São Bento (Icaraí), Colégio Gomes Pereira (Largo da Batalha) e no Drive Thru no Campus da UFF no Gragoatá. Aos sábados, das 8h às 12h, no Drive Thru e em duas das policlínicas regionais.

/Mais de 60% desses alimentos já foram distribuídos para famílias carentes.
Mais de 60% desses alimentos já foram distribuídos para famílias carentes.. Foto por Divulgação/Fotógrafa Luciana Carneiro
. Foto por Divulgação/Fotógrafa Luciana Carneiro
. Foto por Divulgação/Fotógrafa Luciana Carneiro

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas