Prefeito de Niterói anuncia volta de medidas sanitárias mas descarta Lockdown

O indicador do monitoramento da doença revela aumento de 5.38 para 7.38

Enviado Direto da Redação
As medidas de combate ao Covid-19 voltam com força para a cidade

As medidas de combate ao Covid-19 voltam com força para a cidade

Foto: Reprodução/Ascom Niterói


O Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), anunciou o descarte de qualquer restrição nas fronteiras da cidade, e até mesmo o ‘Lockdown’. Contudo, o indicador síntese do monitoramento da doença revela aumento de 5.38 para 7.38 no período de apenas 10 dias.

Algumas medidas de combate ao Covid-19 voltarão à ativa segundo o prefeito, que já eram praticadas no início da pandemia, como: sanitização de ruas, presença de carro de som alertando a população para que não relaxem nas medidas de prevenção, incluindo o novo ciclo de diálogo com as entidades empresariais de Niterói, orquestrado pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico, Fazenda e Saúde.

Neves informa que as medidas estão previstas para retornar a partir dos próximos dias. A deliberação teria partido de uma conversa entre o prefeito e as secretarias da prefeitura nesta quinta-feira (19). “Precisamos retomar com força os protocolos: medição de temperatura, álcool em gel, distanciamento social e uso de máscara”, afirma.

Nesta sexta-feira (20), Niterói voltará a distribuir máscaras para a população como uma forma de trabalho educativo. Segundo o líder do Executivo, a retomada da distribuição pelas administrações regionais e Médico de Família de máscaras para a população serão realizadas. A previsão é que 500 mil máscaras sejam distribuídas entre os meses de novembro e dezembro.

Uma equipe de especialistas examina 12 indicadores a cada semana, sendo o número de leitos disponíveis, casos confirmados e óbitos, até chegar no indicador síntese de monitoramento da doença. Até o momento esse indicar teve aumento de 5.38 para 7.38. Caso ele chegue a previsão esperada à dez dias que é 5, a cidade passa para o estágio amarelo nível 1, sendo o mais flexível antes da imunização. 

Veja também