Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down 5,0741 Euro down 5,2058
Search

Menina de 5 anos é diagnosticada com síndrome rara gerada pela Covid-19

Alice da Silva Ribeiro passou por sete médicos até que recebesse o diagnóstico

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 01 de janeiro de 2021 - 12:50
A Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica pode ser manifestar em pessoas de 0 a 19 anos.
A Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica pode ser manifestar em pessoas de 0 a 19 anos. -

Em São Paulo, uma criança de 5 anos foi diagnosticada com uma síndrome inflamatória rara gerada devido a infecção por Covid-19. Alice da Silva Ribeiro, foi levada a sete médicos antes de conseguir receber o diagnóstico correto, de acordo com a família. As informações são do O Dia.  

A contaminação aconteceu após a avó materna de Alice passar um período na residência no início de novembro, sem saber que havia contraído o novo vírus. No dia 11 de novembro, a criança apresentou sintomas da doença – febre alta e dor de barriga. A mãe, Eva da Silva Ribeiro, decidiu levá-la a uma unidade de saúde, e o médico pediu um exame de raio-X, não detectando infecção pulmonar. 

De acordo com a mãe, Alice foi liberada e logo começou a manifestar conjuntivite. Assim, o médico pediu novos exames e pode confirmar a infecção no sangue. 

A menina desenvolveu um quadro de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica, que pode ser manifestada em pessoas de 0 a 19 anos que se contaminaram com o coronavírus ou já se curaram. Os sintomas apresentados são febre, dores abdominais e conjuntivite. 

O real diagnóstico foi confirmado após doze dias dos primeiros sintomas, no dia 23 de dezembro. Conforme as informações passadas, Alice já está curada da doença.

Matérias Relacionadas