Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Funcionário é demitido após deixar frascos da vacina sem refrigeração intencionalmente

Cerca de 500 doses tiveram que ser descartadas pela falta de refrigeração

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 31 de dezembro de 2020 - 14:50
O caso está sendo investigado a fundo pelo FBI e a FDA
O caso está sendo investigado a fundo pelo FBI e a FDA -

De acordo com um informe realizado nesta quarta-feira (30), pela Aurora Medical Center, que fica localizada em Wisconsin (EUA), um funcionário da empresa foi demitido após deixar 57 frascos da vacina contra a Covid-19 sem refrigeração de propósito. Com isso, foi necessário que 500 doses fossem descartadas no sábado (26) pelo ‘erro’ cometido. 

Foi anunciado pela emissora local ‘WISN 12’ que a organização Advocate Aurora Health afirmou que o próprio funcionário havia admitido que cometeu a negligência intencionalmente. Segundo o canal de ‘TV FOX6 News Milwaukee’, o caso está sendo investigado a fundo pelo FBI e a FDA (Agência reguladora dos Estados Unidos).

Em nota enviada à imprensa, a Aurora Medical Center informou:

“Nós imediatamente lançamos uma investigação interna, e fomos levados a acreditar que isso tinha sido causado por um erro humano. O indivíduo em questão reconheceu hoje que removeu intencionalmente a vacina da refrigeração. Nós notificamos as autoridades apropriadas para uma investigação aprofundada. Nós continuamos a acreditar que a vacinação é o nosso caminho parra fora da pandemia. Estamos mais do que decepcionados que as ações deste indivíduo vão resultar no atraso de mais de 500 pessoas para receberem a vacina. Isso foi uma violação de nossos valores centrais, e o indivíduo não trabalha mais para nós“.

Matérias Relacionadas